domingo, 21 de novembro de 2010

tensa, eu?

Bizarrices da minha cabeça...
Já é a segunda vez que acordo no meio da madrugada com a minha cabeça tentando, à minha revelia resolver uma fórmula de química.
Tipo aqueles pesadelos meio dormindo meio acordado.
Tento voltar a dormir.
"Mas e o balanceamento? E a H2O? Onde coloco?
Por que estou tentando resolver isso agora? Por que agora?"
Madrugada passada, além da química, sonhei que minha nota de redação tinha sido 7,11.
G-sus, que medo.
Pra fechar com chave de ouro, sonhei que estava atrasada pra ir a um casamento, já toda vestida num tubinho preto lindo, calçando tênis e meia, em pleno shopping, tentando achar uma sandália que combinasse. A vendedora sugeriu que comprasse outra roupa pra combinar com as sandálias que ela tinha lá.
...
Louca, eu?
Que isso, gente. Que isso.

Ainda estou tentando relaxar. Eu chego lá.
Sugestões? Mandingas?

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

mulherzice

Me disseram que eu tinha que descansar. Dar um tempo e tals.
A questão é que quando o assunto é relaxar, fico meio confusa, sabe? Fico entre fazer alguma coisa que me ajude a desligar ou simplesmente afundar a zanfa no sofá e me dedicar ao nadismo. Essa segunda opção nunca funciona, pois acabo achando que poderia me ocupar com alguma coisa interessante.

Bem... para cada osso um ócio.
Anyways...
Ainda não tinha relaxado total.
Mas aí acordei um bagação essa manhã e resolvi ficar em casa e dedicar meu precioso dia ao que me viesse à cabeça.
Como tenho um casório pra ir na sexta, decidi consultar o oráculo (youtube) pra encontrar dicas de maquiagem, juba e etc. Queria coisas diferentes.
Abre parênteses:
A verdade é que nunca fui fã de salão. Acho que cobram caro demais e tenho um sério problema em me fazer entender pelo cabeleireiro, maquiador, manicure, etc. É um drama sem fim, pois sempre acho que não ficou o que eu imaginava, não importa o quão chiquê seja o salão.
Logo, optei por aprender a fazer, desde que tinha uns quinze anos. Com exceção do corte e da depilação, consigo cuidar (e bem) de todos os pormenores - tonalizante, sobrancelha, unhas, chapinha, maquiagem e penteados quando for o caso. E, o mais importante: faço direitim e fico feliz com o resultado.
E cá prá nós: salão é o ó. Ambiente mal-frequentado (mulherada), leitura de má qualidade (Caras), assuntos sofríveis (novelas, celebridades) e longas horas de espera. Não nasci pra esse calvário não.
E ainda: adoro aprender e fazer eu mesma. Minha mãe conta que quando criança eu curtia maquiar e pentear as bonecas. Minhas Barbies, coitadas, sempre acabavam num cortezinho chanel.
Fecha parênteses.
Enfim. Gastei minha manhã inteeeeira no youtube e descobri essas pessoas ma-ra-vi-lho-sas que colocam dicas detalhadíssimas e valiosíssimas de "how to".
Adorei essa moça aqui e esse cabeleireiro aqui.
Que benevolência maravilhosa essa de soltarem a informação!!!

terça-feira, 9 de novembro de 2010

Óleo de peroba nele

Sr Luís Inácio Cara de Pau da Silva disse que o Enem foi um sucesso e que o rebuliço atual é obra daqueles que nunca aceitaram o Enem.
Tá.
Fala isso pro povo da prova amarela.

Um sucesso????? Onde???
Como a criatura tem a cara dura, depois de tudo isso, de dizer tal mentira?
Porque na cartilha dele, tudo que é contra, ainda que seja verdade, é factóide.

Ninguém me contou não, eu o vi proferir essa doidice.
Isso. Tive a infelicidade de ouvir isso.