terça-feira, 21 de julho de 2009

Pra sempre

"Senhor, já é tempo: foi tão longo o verão
Estende as tuas sombras sobre as horas solares
E solta os ventos sobre os campos
Ordena aos últimos frutos que se completem"
Dia de Outono - Rilke

Hoje eu vou ver o mar, como ele me levou pra ver pela primeira vez
Ele vai estar nas minhas memórias mais doces
Sempre comigo enquanto aqui eu existir
Nossa condição humana é frágil, mas o amor que reside nas lembranças é eterno
Desejo que você fique em paz, Vô

Maria (como ele me apelidou)

8 comentários:

Encosto de Bette Davis: disse...

Meus pesâmes pela sua perda, força.

Rômulo disse...

ô Nat, meus pêsames. Muita força pra vc nesta hora, e se precisar saiba que pode sempre contar comigo...um beijo. Rômulo.

marcinha disse...

lindinha, amo tanto vcs dois... pra sempre. Mamãe.

Janaína disse...

Foram tantas coisas que ele nos ensinou... As nossas viagens, a brasilia bege que não passava de 80 Km /hora . Ele com aquele chapeu Mltoneano, tb bege,ia calmo pela estrada, ia nos mostrando que é andando devar e sempre que se chega onde se quer sem perder as paisagens lindas que o caminho nos mostra. Fazia seu papel de avô de forma especial mas, se necessario fosse, atuava como pai. Quantas vezes atuou neste segundo papel em nossa vida hein 'Maria"? Eu me lembro com clareza destes momentos: As vezes que me buscou na escola, que me buscou em festas, tambem com sua brasília bege, no meio da madrugada, mesmo sem entender como a juventude estava diferente da época dele, chegando em casa tão tarde.
Atualmente, ele revivia suas viagens nas minhas. Perguntava qual fora o ultimo lugar que eu havia passado pelo norte e nordeste do país, queria saber como estavam os cantos que tando andou medindo terras para sustentar sua família. E em todos os momentos que eu chegava perto dele, ele com aqueles olhinhos azuis me fazia sentir uma pessoa especial e amada.
Vovó, ta muito doído.Queria tanto que meu filho lhe conhecesse.
Egoistamente, digo que passou tão rapido. Afinal, para mim você só teve 35 anos.Ainda está difícil de acreditar.
Mas vamos confiando no tempo . Pedindo a Deus que doa um pouco menos.
Eu te amo vovô. Vá em paz com a certeza de que fez tudo de melhor para cada um de nós. Que estrada bonita o senhor contruiu!
Sua "Sebastiana"( janaína)

Allan Pimenta disse...

Tá difícil cair a ficha, viu?

Saudadocê, prima...

Mercia Correa disse...

Ei Natália!!
Meus sentimentos, viu...Muita força e paz!
Deixei um selinho pra vc lá no meu blog!
Beijos pra vc e pro Rodrigo!

Mercia Correa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
.Ná. disse...

Veja o mar e ele estará olhando você.
Ele estará em paz.
Um beijo no seu coração e força.